Vamos manter a Universidade funcionando o maior tempo possível, diz reitor da UFG

0
95

O corte nas verbas da Universidade Federal de Goiás foi o tema da entrevista exclusiva do Reitor da UFG, Edward Madureira, à Rádio Bandeirantes nesta segunda-feira,13.

Ele explicou que o contingenciamento de verbas vem acontecendo desde 2014 quando o orçamento para as despesas discricionárias da UFG era de R$ 50 mi, mas este ano o corte foi mais profundo.

Segundo Edward, em 2019, dos 90 milhões para custeio sobraram apenas 63 milhões; os R$ 5 milhões para investimento em material permanente (compra de equipamentos e construções) foram totalmente bloqueados, e dos outros 5 milhões de reais em emendas que estavam destinadas à UFG, 1 milhão foi bloqueado.

O reitor acredita que a partir do segundo semestre, a instituição pode atrasar compromissos com fornecedores, mas vai fazer de tudo para continuar com as portas abertas.

Ouça a entrevista com o Reitor da UFG, Edward Madureira.