Nadal admite não estar no 100% de seu ritmo

0

Rafael Nadal teve uma estreia um tanto conturbada na noite desta quarta-feira no Masters 1000 de Toronto, no Canadá. Apesar do confortável placar de 6/2 6/3 ele foi quebrado três vezes no segundo set e admitiu não estar no 100% de ritmo.

A falta de tempo para treinos foi um motivo para o tenista pegar o ritmo adequado: “Obviamente hoje não me sentia no 100%, mas ao mesmo tempo tenho que admitir que era impossível dado o tempo que tive. Depois de um tempo necessito jogar várias partidas”, disse Rafa campeão em Toronto em 2008 e mais duas vezes no Canadá: “Se perdesse cedo em Wimbledon poderia tomar uns dias livres e ter mais tempo de preparo para o piso duro, mas se chega nos últimos dias, apenas tem tempo de ir contra o relógio”.

O espanhol pega nesta noite, às 21h, o suíço Stan Wawrinka, 195º e ex-top 3: “A verdade é que o começo destes torneios é muito complicado já que se pega de cara um jogador entre os 50 do mundo, mas é preciso estar preparado para tudo. Hoje consegui passar, vamos ver nas oitavas”.

Sobre Wawrinka que operou o joelho ano passado e ainda custa a voltar a boa forma ele apontou: “Quando você tem uma lesão você se vê obrigado a ter que subir no ranking, por isso creio que estes tipos de jogadores estão cnseguindo retomar a confiança e por isso são difíceis de enfrentar. Jogamos duas finais de Grand Slams e seguramente será muito difícil para nós dois”.

Fonte: Portal da Band

Imagem: John E. Sokolowski-USA TODAY Sports/Reuters

Comente

Please enter your comment!
Por favor, adicione seu nome