31.8 C
Goiânia
segunda-feira, 15, abril 2024
- Anúncio -

Movimento de turistas em Caldas Novas é “muito menor”, diz secretário de saúde

O secretário também contou que a cidade oferece um chamado “Kit Covid”, com medicamentos que, segundo ele, são usados no tratamento precoce da doença.

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Advertisement -

A Prefeitura de Caldas Novas não realizou nenhum evento público na cidade em comemoração do Carnaval 2021, por conta da pandemia da Covid-19. O secretário de saúde, Ângelo Silva, diz que hotéis e estabelecimentos turísticos não realizaram eventos que pudessem gerar aglomeração e propagação da doença. “O movimento de Carnaval foi muito menor”, afirma o secretário.

Caldas Novas reduziu o número da capacidade de hospedagem do setor hoteleiro para 70%. Condomínios e chalés tiveram redução de capacidade para 50%. De acordo com o secretário, a fiscalização foi intensificada por meio da Vigilância Sanitária, além de ser feito trabalho de orientação na cidade. “É um momento crítico, de pensarmos mais na família, no bem comum de todos”, diz Ângelo.

Diferente de outras cidades turísticas do estado, Caldas decretou ponto facultativo na segunda-feira (15) e quarta-feira (17), até às 12h. No dia cinco de fevereiro, a prefeitura decretou que bares, restaurantes, casas noturnas e distribuidoras de bebidas podem funcionar somente até a meia-noite.

Atualmente, o número de casos confirmados de Covid-19 em Caldas Novas é de 4.640. Ainda segundo boletim divulgado nesta segunda-feira (15), já houveram 80 óbitos pela doença. Nas últimas 24 horas, foram 31 casos a mais na cidade. Já em relação a ocupação dos leitos para tratamento da doença, o secretário conta que houve uma redução significativa.

Kit Covid

Segundo Ângelo Silva, Caldas Novas oferece a população um chamado “Kit Covid”, com medicamentos que, segundo ele, são usados no tratamento precoce da doença. Para adquirir o kit, é necessário ter prescrição médica. “Estamos oferecendo Ivermectina, Hidroxicloroquina, Zinco, Vitamina D e está à disposição da sociedade, respeitando o ato médico que tem liberdade de prescrever ou não”, afirma.

“Uma vez que o paciente está com síndrome gripal, é atendido por um médico e pede o medicamento, ele também tem o direito de receber e nós estamos lá para receber”, completa o secretário. Ouça a entrevista completa do secretário de saúde de Caldas Novas, Ângelo Silva, ao jornalista Altair Tavares no Jornal Bandeirantes.


Leia mais: Governo de Goiás ativa mais 35 UTIs para tratar pacientes com Covid-19

- Anúncio -
Array
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -