Justiça determina afastamento do prefeito de Luziânia

0
Imagem: Reprodução

O prefeito do Município de Luziânia, Cristóvão Vaz Tormin (PSD), foi afastado de suas funções públicas por 120 dias. Neste período, a vice-prefeita Edna Aparecida Alves da Silveira, vai assumir o cargo.  Cristóvão foi denunciado por importunação sexual contra uma servidora do múnicipio.

A decisão foi cumprida nesta sexta-feira, 21, às 9h após ser expedida no dia 19 de fevereiro.   A prefeita assim que tomou conhecimento, decretou ponto facultativo para que pudesse se inteirar de toda situação. Ela afirma que foi pega de suspresa com a decisão judicial.

De acordo com o documento, durante o afastamento, Cristóvão Vaz Tormin, continuará recebendo o salário normalmente.