Hospital das Clínicas da UFG desenvolve teste rápido para covid-19

Resultado fica pronto em 1 hora

0

O Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Goiás (HC-UFG) está disponibilizando aos pacientes atendidos na unidade o novo teste RT-LAMP com tecnologia desenvolvida a partir do projeto “Diagnóstico Molecular Rápido baseado em RT-LAMP para COVID-19” desde o dia 23 de fevereiro.

Foram disponibilizados ao HC-UFG 500 testes que auxiliarão no diagnóstico rápido de pacientes que são atendidos na unidade de saúde. Com a técnica RT-LAMP, o teste detecta a presença do RNA do vírus Sars-Cov 2 na fase da infecção ativa, na mesma janela do exame padrão ouro, o PCR (3 a 10 dias). O grande diferencial é que o exame fica pronto em cerca de uma hora, o que pode ser decisivo no tratamento e isolamento do paciente. 

Além disso, o teste é mais barato e não necessita de instrumentação sofisticada. Os recursos para o desenvolvimento dos testes doados vieram do Ministério Público do Trabalho de Goiás (MPT-GO), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (Fapeg) e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Até o momento foram destinados cerca de R$ 1,7 milhão de reais ao projeto. A coordenadora da pesquisa e professora do Instituto de Química da UFG, Gabriela Duarte, explica que o HC foi escolhido como projeto piloto por estar dentro da instituição e como gesto de devolução à sociedade dos investimentos de recursos públicos no projeto. Os biomédicos do hospital foram treinados para realização do exame pela equipe. Superintendente do Hospital das Clínicas da UFG, José Garcia ressaltou que o teste tem ótima qualidade e, como fica pronto rapidamente, tem auxiliado com relação ao isolamento do paciente. Segundo ele, o paciente fica isolado até que o teste fique pronto, sem a certeza se está com a covid-19 ou outra doença respiratória que exige tratamentos diferenciados. “No atual momento da pandemia, toda facilidade no diagnóstico é muito importante.”