Goiás terá programação especial pelo Dia Mundial do Rim

0
Foto: Reprodução

O Governo de Goiás, irá realizar entre os dias 9 e 13 de março, uma série de pelo Dia Mundial do Rim. A data, idealizada pela Organização Mundial de Saúde (OMS), é comemorada na segunda quinta-feira do mês de março, que este ano será o dia 13. O objetivo é conscientizar sobre o aumento de distúrbios renais em todo o mundo e a necessidade da prevenção dessas doenças.

Em Goiás, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) pretende despertar o interesse da comunidade e dos profissionais de saúde sobre os fatores de riscos para a Doença Renal Crônica (DRC) e a importância do diagnóstico precoce. Segundo a pasta, os eventos contam com o apoio das Secretarias Municipais de Saúde (SMS).

A programação para os profissionais de saúde constará de uma série de videoaulas: no dia 9, o tema será diabetes; dia 10, hipertensão; dia 11, infecção do trato urinário e no final, no dia 13, debate para esclarecimento de dúvidas. Elas serão ministradas pelo médico Luciano Carvalho Vitorino, presidente da Sociedade Brasileira de Nefrologia, Regional Goiás (SBN/GO), e vão estar disponíveis das 9h às 10 h pela plataforma Telessaúde Goiás. 

Atendimento

No dia 12, a SES-GO, juntamente com a SBN, Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia e Santa Casa de Goiânia, oferece consultas com especialistas em nefrologia. Os atendimentos acontecerão das 8h às 13h, na Santa Casa, beneficiando pacientes cadastrados pelo Complexo Regulador da SES-GO e encaminhados para essa consulta.

Já na quinta-feira (12) e sexta-feira (13) será realizado o Circuito Saúde, com exames de triagem e orientações dos riscos para doenças renais. No evento, o usuário identificado com fator de risco será encaminhado para acompanhamento em uma unidade básica de saúde próxima de sua residência. Na quinta-feira, a ação ocorre das 8h às 17h, no Hospital Estadual Geral de Goiânia Dr. Alberto Rassi (HGG). Na sexta-feira, será das 9h às 12h e das 14h às 17h, para colaboradores da Infraero no Aeroporto Internacional de Goiânia Santa Genoveva.

Função vital

A doença renal crônica (DRC) se caracteriza pela lesão nos rins que se mantém por três meses ou mais, com diversas consequências, pois os rins têm muitas funções, entre elas: regular a pressão arterial, filtrar o sangue, eliminar as toxinas do corpo, controlar a quantidade de sal e água do organismo, produzir hormônios que evitam anemia e doenças ósseas, entre outras.

Leia mais:

Aparecida de Goiânia terá programação especial em março pelo Dia da Mulher