Goiás perde em casa e vê chance de Libertadores mais distante

0
Foto: Heber Gomes/AGIF

O Goiás precisava vencer o jogo deste domingo, 1º, para manter viva a esperança de uma vaga na Libertadores. Mas o esmeraldino viu o Fortaleza se posicionar bem, marcar dois em contra-ataque e administrar o placar com facilidade até o apito final. Nem Michael, cara a cara com o goleiro, teve sorte hoje.

Com a derrota por 2 a 1, o Goiás cai uma posição e vai para a 10º colocação com 49 pontos. O Fortaleza tem o mesmo número de pontos e também de vitórias, primeiro critério de desempate. Mas o saldo de gols do tricolor é melhor e deixa o Leão com o lugar que até hoje era do Verdão.

Como foi

Os 10 minutos inicias foram mornos, com o Goiás tentando uma pressão maior, mas sem grandes chances concretas.

E o Fortaleza pouco chuva, mas após cobrança de escanteio de Juninho, Bruno Melo se antecipa a Alan Ruschel e cabeceia para as redes! Tadeu ainda toca nela, mas não evita!

O Goiás tentou reagir com Bárcia, que recebeu na entrada da área e bateu com perigo. O jogo seguiu da mesma forma, com Goiás criando pouco e sem conseguir encaixar a marcação de seu meio-campo, dando liberdade para o Leão.

 Até que aos 25 minutos, o tricolor veio com outro contra-ataque fatal: Edinho foi rápido pela direita e cruzou para Osvaldo, que bateu de primeiro e estufou as redes em um golaço.

Após a parada técnica aos 33 minutos, o Verdão um pouco mais incisivo. E após um cruzamento da esquerda, Michael ajeitou de cabeça para Rafael Moura, que não perdoou o goleiro Felipe Alves e mandou a bola pro fundo do gol. Mas não foi dessa vez que o Heman conseguiu comemorar o gol imeditamente.  O lance foi anulado pelo bandeirinha que achou que o atacante estava adiantado, mas o VAR validou minutos depois.

Segundo tempo

O segundo tempo começou com postura diferente do Goiás, com mais pressão e ditando o ritmo do jogo. Com um volume de jogo maior na parte da frente, o esmeraldino tentou empatar logo no início com Bárcia. Mas levou de volta três chances do Fortaleza com Kieza, Bruno Melo e Osvaldo.

Aos 15 minutos, uma sequência de tirar o fôlego dos torcedores dos dois times: Michael chegou sozinho na área, cara a cara com Felipe Alves, e inacreditavelmente perdeu a chance do empate. Logo em seguida, Kieza também chegou com facilidade para ficar na frente do gol, mas parou no paredão Tadeu.

O jogo continuou com ritmo bom, em chances reais para as duas equipes. Porém, chegando na marca dos 30 minutos, o Fortaleza apenas administrou o placar, com o Goiás levando pouco perigo efetivo para a área.

Com a confirmação da derrota em casa após o apito final, o Goiás vê mais distante a vaga na Libertadores de 2020. O próximo jogo do Verdão será contra o Palmeiras, na quinta-feira (5), fora de casa. Já o Fortaleza encara o Fluminense, também fora de casa, na próxima quarta-feira (4). L