Goiás contrata Maurício Barbieri, ex Flamengo

0

Após a saída de Ney Franco, a diretoria do Goiás agiu rápido e acertou a contratação de Maurício Barbieri. O perfil de um treinador novo, estudioso, extremamente tático e bom de grupo, fez com que o nome de Barbieri aparecesse como uma aposta perfeita para os desafios de 2019. Barbieri já fez estágio em Portugal com José Mourinho e treinou clubes do interior de São Paulo e o Flamengo.

O treinador chega para ajudar o Goiás no ano de retorno à elite do Futebol Brasileiro e de disputa pelo Pentacampeonato Goiano .

Vale lembrar que o último trabalho do novo técnico foi no Flamengo. Maurício Barbieri assumiu primeiro como interino, em abril, depois da demissão de Paulo César Carpegiani. Comandou o time em 39 jogos, sendo 19 vitórias, 12 empates e oito derrotas. A saída de Barbieri aconteceu após a eliminação na semifinal da Copa do Brasil para o Corinthians.

A primeira missão de Maurício Barbieri será no dia 20 de janeiro, quando o Goiás medirá forças com o Goiânia, no Estádio Olímpico, na abertura do Estadual.

Aos 37 anos, Barbieri, chega para dirigir seu sexto time na carreira. O contrato vai até o final do Campeonato Brasileiro 2019, e o novo treinador deverá ser apresentado oficialmente esta semana.

Outros nomes – Por André Rodrigues (Setorista do Goiás para as Feras do Esporte Rádio Bandeirantes 820)

1 sobre o anseio do torcedor em ver no Goiás o técnico Rogério Ceni. Posso garantir a vc torcedor que todo o esforço por parte da direção do Goiás foi feito. Na segunda feira, assim que a diretoria teve a negativa do Ney Franco, o primeiro treinador a ser contactado foi o Ceni. Inclusive, na terça feira, demonstrando total interesse, muita fome em tentar contratar o treinador, o presidente Marcelo Almeida viajou até Cuiabá, onde almoçou com o Rogério Ceni. Marcelo apresentou ao Rogério um belo projeto e uma excelente proposta financeira.Mas nesse almoço, o presidente esmeraldino já sentiu do Ceni que o mesmo iria renovar com o Fortaleza pelo compromisso moral assumido com o clube cearense. De toda forma, o importante desse almoço, foi que houve uma excelente aproximação entre Goiás e Rogério Ceni, as portas ficaram abertas de fato!

2 Dorival Júnior foi procurado, agradeceu o convite, mas tem outros planos para o futuro.

3 Roger Machado também foi procurado, mas de acordo com o seu empresário, irá para o exterior.

4 Zé Ricardo foi sondado, agradeceu, mas disse que não vai sair do Botafogo.

5 Vagner Mancini e Guto Ferreira estavam na lista, mas a torcida não se mostrou receptiva com esses nomes, por isso, negociações não foram iniciadas.

6 Paulo Autori está na Colômbia.

7 Nelsinho Baptista está no Japão.

Mediante esse cenário, será que não seria a hora de trazer um técnico emergente. Alguém que já tenha apresentado um bom trabalho e esteja com muita fome em se transformar numa grande realidade no futebol nacional. Assim como aconteceu no próprio Goiás, com Cuca, Enderson, etc! Nessa linha de raciocínio, dou os seguintes exemplos: Tiago Nunes que ficará no Furacão em 2019, Thiago Larghui que fez um bom trabalho no Galo, Maurício Barbieri que teve um desempenho bom no Flamengo, Jair Ventura (apesar que tive a informação que ganha 300 mil no Corinthians, para um treinador emergente, acho muito, Fernando Diniz, Milton Mendes, Milton Cruz, etc.”

Comente

Please enter your comment!
Por favor, adicione seu nome