Fifa ignora oposição e aprova Mundial de Clubes com 24 times

0
16

O Conselho da Fifa ignorou a forte oposição europeia e aprovou um novo formato para o Mundial de Clubes a partir de 2021. Após o encontro dos dirigentes da entidade em Miami, o presidente Gianni Infantino explicou que o torneio com 24 equipes será testado na edição a ser realizada daqui dois anos.

Uma versão quadrienal do Mundial deverá ser disputada pela primeira vez entre junho e julho de 2021, em substituição ao atual formato, jogado anualmente por sete equipes. O novo torneio ocupará o lugar no calendário da Copa das Confederações, que vinha apresentando números decepcionantes de público e audiência e deixará de ser realizada.

“Nós esperamos que todas as maiores equipes do mundo participem (do novo Mundial de Clubes). Os melhores times deveriam ter esta plataforma mundial. Vamos continuar com nossas conversas”, declarou Infantino. A expectativa é de que o torneio conte com oito clubes europeus e seis da América do Sul, enquanto as outras vagas seriam distribuídas entre as outras federações continentais.

Clubes europeus prometem boicotar torneio

A Associação de Clubes Europeus (ECA, na sigla em inglês) afirmou que nenhum dos times que representa vai participar do Mundial de Clubes de 2021. A ECA expressou suas preocupações esta semana em uma carta enviada ao presidente da Fifa, Gianni Infantino.

A carta, vista pela agência de notícias The Associated Press e publicada pelo jornal alemão Süddeutsche Zeitung, foi assinada por dirigentes de 14 dos principais clubes europeus, incluindo o presidente da ECA, Andrea Agnelli, que também comanda a Juventus.

“É contra qualquer possível aprovação de uma revisão do Mundial de Clubes neste momento e confirma que nenhum clube da ECA aceitaria participar de tal competição”, disse o comitê executivo da ECA, que representa 232 clubes.

 

Fonte: Portal da Band 

Imagem: Divulgação 

 

 

Comente

Please enter your comment!
Por favor, adicione seu nome