22.8 C
Goiânia
sábado, 13, abril 2024
- Anúncio -

F1: Com Ford, Audi e Honda, FIA confirma seis fornecedoras de motores registradas para 2026

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Advertisement -

Em 2026, a Fórmula 1 colocará nas pistas a próxima geração de unidades de potência, com uma forte ênfase nos combustíveis sustentáveis e na eletrificação, buscando um equilíbrio entre sustentabilidade e espetáculo. E, para esse período, a categoria contará com seis montadoras fornecedoras de motores, incluindo as novidades: Red Bull Ford, Audi e Honda.

A Federação Internacional do Automobilismo (FIA) confirmou na manhã desta sexta-feira (03) o nome das equipes que completaram o processo de registro para o novo ciclo, são elas:

  • Alpine Racing
  • Audi
  • Ferrari S.p.A.
  • Honda Racing Corporation
  • Mercedes-AMG High Performance Powertrains Ltd.
  • Red Bull Ford

“Essas empresas fornecerão a próxima geração de unidades de potência da Fórmula 1, determinadas no Regulamento Técnico e Desportivo de Unidades de Potência da FIA para a Fórmula 1, que estão disponíveis no site da FIA”, diz a Federação em comunicado.

O presidente da FIA, Mohammed Ben Sulayem, disse: “A confirmação de que haverá seis fabricantes de unidades de potência competindo na Fórmula 1 a partir de 2026 é uma prova da força do campeonato e dos robustos regulamentos técnicos que foram cuidadosamente criados pela FIA em estreita colaboração com a Fórmula 1 e os fabricantes de unidades de energia. Sou grato pela confiança demonstrada pelos principais fabricantes automotivos e pelo seu compromisso com a Fórmula 1″.

Vale destacar que os seis fabricantes se registraram como fornecedores de unidades de potência para as temporadas de 2026-2030 do Campeonato Mundial de Fórmula 1.

- Anúncio -
Array
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -