Ernesto Araújo negou na CPI da Covid que tenha tido problemas com a China

O depoimento de Araújo foi um dos mais esperados desta CPI da Covid-19

0
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil.

O ex-ministro do governo Bolsonaro Ernesto Araújo negou que tenha tido qualquer problema com o governo chinês quando esteve à frente do Itamaraty.

A fala de Araújo ocorreu na manhã desta terça-feira (18), em depoimento à CPI da Covid. O ex-ministro disse que desconhece que o Itamaraty tenha cometido erros no momento das compras de vacinas contra o coronavírus.

Em sua fala, Ernesto afirmou que a pasta sempre trabalhou em parceria com o Ministério da Saúde com o propósito de comprar os imunizantes para a população brasileira.

A CPI da Covid foi criada no Senado para esclarecer se o governo federal se descuidou no combate à pandemia da covid-19, se retardou a compra das vacinas, se tentou prejudicar de alguma forma o país como um todo com as medidas, por exemplo, de isolamento.


Leia mais: Bolsonaro se encontra com Vanderlan Cardoso e discutem obras do anel viário de Goiânia