Em menos de uma semana, Petrobras anuncia segunda redução no preço da gasolina

O presidente Bolsonaro não gostou vários aumentos ocorrendo na estatal, o que acaba provocando críticas de toda a população

0
Aumento da gasolina vale já para esta sexta-feira (16). Foto: divulgação.

A Petrobras anunciou que vai reduzir pela segunda vez o preço da gasolina nas refinarias este ano. De acordo com a estatal, esta queda valerá já para esta quinta-feira (25).

O preço médio de venda da gasolina passará para R$ 2,59 por litro (redução de R$ 0,11) 

A empresa informou também que haverá uma queda no preço do diesel, que custará agora R$ 2,75.

A Petrobras adota uma prática de cobrança nos combustíveis seguindo o modo internacional, ou seja, o preço do barril do petróleo e o valor do dólar acabam influenciando os valores aqui no Brasil.

Após várias críticas, sobretudo de caminhoneiros, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) criticou os sucessivos aumentos e decidiu demitir o então presidente da empresa Roberto Castello Branco. Em seu lugar foi nomeado o general do Exército Joaquim Silva.

Mesmo com um ano de crise devido à pandemia da covid-19 em todo o mundo e após operação Lava Jato, a Petrobras obteve lucro, em 2020, de R$ 7 bi. Um recorde histórico para a empresa.

Com a saída de Roberto Castello Branco, o presidente Bolsonaro foi pressionado pelos analistas do mercado financeiro sobre seu comportamento em decisões referentes à empresa, mas ele negou qualquer posição de intervir na Petrobras.

No dia 20 de março, a  Petrobras havia feito a primeira redução no preço da gasolina. Naquele dia, o preço médio de venda da gasolina teve queda de 5,28%, o que correspondia a R$ 0,14.


Leia mais: Petrobras anuncia redução de 5,28% no preço da gasolina