Em jogo de sete gols, Atlético-GO sai na frente, mas cede virada ao Atlético-MG

A equipe goiana esteve na frente em dois momentos, abrindo um a zero e dois a um até os 14 minutos do segundo tempo.

0
Keno comemorando gol do Atlético MG sobre o Atlético GO
Keno foi o destaque da partida, com três gols marcados. Foto: Instagram / Atlético Mineiro)

O Atlético Goianiense tentou, marcou três vezes, mas os erros defensivos foram decisivos contra o Atlético Mineiro, no Estádio Olímpico. De virada, os visitantes venceram por quatro a três e avançaram a liderança da Série A neste sábado (19), podendo perder a posição até o final da rodada. O destaque da partida foi o atacante Keno, que fez três gols no jogo e foi oportunista para aproveitar as falhas do adversário.

A equipe goiana esteve na frente em dois momentos, abrindo um a zero e dois a um até os 14 minutos do segundo tempo. Os gols do Atlético Goianiense foram marcados por Oliveira, de fora da área, Ferrareis após boa jogada de Janderson e Gilvan de cabeça, aos 49 do segundo tempo. O outro gol dos mineiros foi de Nathan.

Com bola rolando

O Atlético Goianiense partiu para o ataque e teve chances claras de abrir o placar. Ferrareis, cara a cara com o goleiro desperdiçou o que foi a chance mais clara de gol até os dez minutos de jogo. Porém aos 20, o ataque funcionou, mas quem marcou foi o zagueiro Oliveira. Cruzamento de Janderson pela esquerda, Ferrareis tentou de cabeça, a zaga afastou e ela sobrou para Oliveira, que acertou um chutaço no ângulo do goleiro Everson.

Aos 30 minutos, foi a vez do galo mineiro balançar as redes, porém, Savarino estava impedido quando recebeu a bola de Keno dentro da área goiana. Aos 37, o Dragão quase chegou ao segundo gol, com Nicolas, que ganhou a dividida de Franco e soltou uma bomba para o goleiro Everson espalmar para escanteio.

Segundo tempo

Logo aos cinco minutos da etapa final, Nathan, que entrou no intervalo no lugar de Allan sofreu pênalti, Keno não desperdiçou e empatou a partida. Entretanto, aos nove minutos, veio a resposta dos donos da casa, Janderson achou Ferrareis que bateu bem na saída do goleiro Everson, colocando o Atlético-GO mais uma vez na frente.

Cinco minutos depois, aos 14 da segunda etapa veio o empate da equipe mineira. Savarino fez boa jogada, abriu espaço e cruzou para Nathan completar e empatar a partida. Já aos 19, Keno aproveitou o recuo mal feito pela zaga atleticana, colocou na frente e fez o terceiro do Atlético-MG, virando a partida para os visitantes.

Se já estava ruim, piorou. Aos 31 minutos, Keno acertou uma pombo sem asas no travessão e por pouco não ampliou, porém, logo em seguida, o próprio Keno conferiu o cruzamento de Mariano e de peixinho não deu chances para o goleiro Jean. Atlético Goianiense dois, Atlético Mineiro quatro.

E no apagar das luzes, aos 49 minutos do segundo tempo, o zagueiro Gilvan, que entrou na segunda etapa, aproveitou a cobrança de escanteio do Everton Felipe e cabeceou bem para diminuir o prejuízo do time goiano. Após o gol, a árbitra Edina Alves Batista apitou o final de jogo.

Próximos confrontos

No meio da semana, a equipe goiana enfrenta uma decisão. Também no Olímpico, o Atlético enfrenta o Fluminense pelo jogo de volta da quarta fase da Copa do Brasil. O confronto será na quinta-feira (24), às 20h e a Rádio Bandeirantes Goiânia irá transmitir esse jogão para você.

Já o galo, volta a campo no próximo sábado (26), quando enfrenta o Grêmio pelo Campeonato Brasileiro Série A, às 21h, no Mineirão, em Belo Horizonte. O Atlético Mineiro dorme na liderança da competição.

Ficha técnica

Campeonato Brasileiro Série A – 11º rodada

Atlético GO x Atlético MG

Data: 19/09/2020

Horário: 21h

Local: Estádio Olímpico, Goiânia (GO)

Arbitragem

Árbitra: Edina Alves Batista (Fifa/SP)

Auxiliares: Neuza Inês Back (Fifa/SP); Evandro de Melo Lima (SP)

Quarto Árbitro: Breno Souza (GO)

Árbitro de Vídeo: José Cláudio Rocha Filho (SP)

Cartões amarelo

Atlético GO: Renato Kayser, Édson

Gols:

Atlético GO: Oliveira (20’ 1ºT); Gustavo Ferrareis (10’ 2ºT); Gilvan (49’ 2ºT)

Atlético MG: Keno (7’ 2ºT); Nathan (14’ 2ºT); Keno (19’ 2ºT); Keno (32’ 2ºT)

Escalações

Atlético GO: Jean, Dudu (Gilvan), João Victor, Éder, Nicolas, Edson, Oliveira (Matheus Vargas), Chico, Janderson (Matheuzinho), Renato Kayser, Gustavo Ferrareis (Everton Felipe).

Técnico: Vagner Mancini

Atlético MG: Everson, Guga (Igor Rabelo), Réver, Júnior Alonso, Guilherme Arana, Jair, Allan (Nathan), Franco, Savarino (Mailton), Eduardo Sasha (Mariano), Keno (Sávio).

Técnico: Jorge Sampaoli


Leia mais: Goianésia vence o Vitória (ES) e começa a Série D com pé direito