28.8 C
Goiânia
quarta-feira, 17, julho 2024
- Anúncio -

Daniel Vilela destaca “compromisso do Governo de Goiás com agronegócio”

Vice-governador participa de cerimônia em comemoração aos 10 anos de fundação da Aprosoja e reforça importância do setor e o desenvolvimento alcançado na última década

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Advertisement -

A importância econômica do cultivo de grãos para a economia brasileira foi a tônica da mensagem do vice-governador Daniel Vilela em jantar que marcou a comemoração dos 10 anos da Associação dos Produtores de Soja, Milho, Sorgo e Outros Grãos Agrícolas do Estado de Goiás (Aprosoja Goiás), na noite da sexta-feira (1º/12). “É um setor que alavanca a economia do nosso país. Somos referência mundial hoje em milho e soja e a entidade que representa esses produtores cresceu, ao longo dos anos, junto com o conhecimento do povo brasileiro”, destacou Daniel Vilela.

Daniel, que representou o governador Ronaldo Caiado no evento, ressaltou a valorização dos produtores para o desenvolvimento local e o apoio que encontram no poder público. “Reconhecemos o valor da Aprosoja e nosso desejo é que continuem sendo parceiros do Governo de Goiás. Essa união tem dado resultados que colocam nosso estado como destaque”, afirmou.

Reconhecimento
Representando a Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg), o vice-presidente Eduardo Veras elogiou a atuação de Daniel Vilela, a quem se referiu como tendo “um papel de grande estadista, ao aproximar o agronegócio goiano do maior comprador mundial, que é a China”.

O secretário de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Goiás, Pedro Leonardo Rezende, afirmou que há um sentimento de “gratidão por esse segmento que tem sido responsável por todos os resultados econômicos que Goiás tem alcançado”. E concluiu que o Estado tem toda a sua base econômica fundamentada no agronegócio, responsável por 86% das exportações goianas.

Durante o jantar foi lembrado que quando a Aprosoja Goiás foi criada, em 29 de novembro de 2013, a soja era cultivada em 3,1 milhões de hectares, com produção de quase 9 milhões de toneladas. Hoje, a área semeada com soja saltou para 4,5 milhões de hectares e a produção chegou a 17,7 milhões de toneladas. A chamada “safrinha” de milho se transformou em “safrona”, nas palavras dos produtores: em 2013, de 952 mil hectares plantados e produção de 5,8 milhões de toneladas, a segunda safra de milho avançou para 1,6 milhão de hectares neste ano, com produção recorde de 11 milhões de toneladas.

Presidente da Aprosoja, Joel Ragagnin agradeceu aos produtores presentes e participantes do quadro diretivo da associação e destacou que a entidade “foi criada com um objetivo simples, mas importante de unir produtores, com demandas imensas e com foco em aumentar a produtividade”.

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -