16.8 C
Goiânia
domingo, 29, maio 2022
- Anúncio -

Contrário ao ministro da Saúde, Goiás não deve exigir prescrição médica para vacinar crianças

O ministro explicou ainda como será o processo de vacinação para essas crianças, já que ele é contra a imunização cumpulsória

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Advertisement -

Em posição contrária à do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, o estado de Goiás não deve exigir a prescrição médica para imunização contra a covid-19 de crianças de 5 a 11 anos de idade.

A informação do secretário de Estado de Saúde de Goiás, Ismael Alexandrino, é que pelo fato de a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) ter dado o aval para a vacinação nessa faixa etária, isso reforça a segurança da vacina para as crianças.

Logo após a chancela da Anvisa, o ministro Queiroga afirmou que o governo federal defende, sim, a vacinação em crianças de 5 a 11 anos de idade, no entanto haveria uma consulta pública para as pessoas de todo o Brasil opinarem sobre esse assunto e, também, teria que haver uma prescrição médica para que essas crianças fossem autorizadas para receber a vacina anticovid.

A defesa do ministro da Saúde segue exemplo da Alemanha, segundo ele. Já que no país europeu, as crianças com comorbidade reconhecida pelos médicos recebem prioridade, contudo dependem da autorização dos responsáveis.

“Para as sem comorbidades, há necessidade de prescrição médica”, disse Queiroga.

O ministro explicou ainda como será o processo de vacinação para essas crianças, já que ele é contra a imunização compulsória.

“O documento que vai ao ar é um documento que recomenda a vacina da Pfizer. Nossa recomendação é que não seja aplicado de forma compulsória. Essa vacina estará vinculada à prescrição médica, e a recomendação obedece às orientações da Anvisa”, acrescentou.

A Anvisa autorizou o imunizante da Pfizer em crianças de 5 a 11 anos em 16 de dezembro. De acordo com a farmacêutica americana, a vacina é segura e reduz em mais de 90% as infecções pelo coronavírus. Países da Europa e EUA já autorizaram também o uso dessa vacina nas crianças.


Leia mais: Enorme cratera se abre e bloqueia GO-118 entre Teresina e Alto Paraíso

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -