25.8 C
Goiânia
sábado, 13, abril 2024
- Anúncio -

Comurg vai limpar 400 lotes baldios até 12 de maio em Goiânia

Força-tarefa da Comurg atende bairros da capital em tempo recorde de 30 dias

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Advertisement -

A Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg) planeja limpar 400 lotes baldios durante os 30 dias de programação da 1ª Maratona da Limpeza. São terrenos particulares já vistoriados pela Agência Municipal do Meio Ambiente (Amma), e que não foram devidamente roçados, limpos e drenados pelos proprietários.

A Maratona foi lançada pelo prefeito Rogério Cruz no último dia 12 de abril, como reforço às atividades rotineiras de limpeza. Em dez dias, a Comurg removeu 14 toneladas de entulhos e roçou 2,5 milhões de metros quadrados de mato alto. Cerca de 20% são provenientes de lotes.

Na Região Noroeste, a Companhia realizou a limpeza em 12 lotes, e outros 38 recebem equipes de remoção e roçagem nos próximos dias. Meta é limpar cerca de 14 lotes diariamente.

A força-tarefa envolve dois mil servidores, com o apoio de 360 máquinas de grande porte. O presidente da Comurg, Alisson Borges, destaca que o órgão orienta os proprietários de lotes quanto aos cuidados que devem ser tomados para evitar possíveis transtornos. A medida acontece diuturnamente, mas, em função do período pós-chuva, e o aumento da proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor de diversas doenças, a ação tem sido reforçada.

Em Goiânia, os imóveis nessas condições são notificados via edital, e os proprietários têm prazo de oito dias para efetuar a limpeza. Se a determinação não for cumprida, os fiscais da Agência Municipal do Meio Ambiente (Amma) fazem vistoria, seguida de notificação, e logo após é aplicado o auto de infração, com multas que podem chegar a R$1 mil.

Caso o imóvel continue em condição inadequada, a Companhia promove a limpeza. Esses serviços são cobrados, e os valores inclusos no Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU).

Os valores variam de acordo com os serviços: raspagem e roçagem, R$ 4,07 o metro quadrado; e só a roçagem, R$ 1,14 o metro quadrado. Já a multa vai de R$ 250 a R$ 1 mil reais, podendo variar de acordo com a zona urbana.

Nesse período de Maratona, a Comurg colocou à disposição da comunidade quatro ecopontos itinerantes, em regiões diferentes da cidade, que se somam aos outros quatro ecopontos já existentes. Nesses locais, a população pode fazer o descarte de resíduos de construção civil, galhadas, pneus, objetos recicláveis, madeiras e outros itens.

Denúncia

As pessoas que residem próximo a lotes baldios, e notarem que o local está em situação irregular, poderão informar a administração municipal por meio do Aplicativo Prefeitura24horas.

Leia mais: Governo de Goiás realiza prova do concurso para Analistas de Gestão Governamental neste domingo (24)

- Anúncio -
Array
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -