20.8 C
Goiânia
quinta-feira, 27, janeiro 2022
- Anúncio -

Com mais um carregamento, Goiás soma 165.850 doses de vacinas contra a Covid-19 recebidas nesta sexta

Com esses novos carregamentos, a 20ª e 21ª remessas até então, Goiás atinge a marca de 2.435.120 de doses já recebidas desde o início da campanha, em janeiro deste ano.

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Advertisement -

Chegou em Goiás, na madrugada desta sexta-feira (14), um carregamento com 131.850 vacinas contra a Covid-19. São 69.600 doses da CoronaVac e 62.250 da AstraZeneca. Já nesta manhã, mais 34 mil doses da CoronaVac chegaram ao Aeroporto Internacional de Goiânia e de lá foram encaminhadas para a Central Estadual de Rede de Frio, da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO).

Com esses novos carregamentos, a 20ª e 21ª remessas até então, Goiás atinge a marca de 2.435.120 de doses já recebidas desde o início da campanha, em janeiro deste ano. Imediatamente após conferência da quantidade de imunizantes enviada pelo Ministério da Saúde, o Estado inicia a distribuição das vacinas para todas as 18 Regionais de Saúde. Depois desta etapa, os imunobiológicos serão repassados aos 246 municípios para que as prefeituras continuem com a execução da campanha em seus territórios.

Aplicação

Conforme orientação do Ministério da Saúde, as vacinas da AstraZeneca serão reservadas para aplicação do reforço em pessoas imunizadas. Já os imunizantes do Butantan serão usados para possível ajuste do esquema vacinal de pessoas que ainda não receberam a segunda dose em alguns municípios.

Além disso, naquelas localidades em que a situação da CoronaVac para reforço está regular, será permitido utilizar os imunobiológicos para avanço na campanha de vacinação. Neste sentido, os gestores municipais deverão reservar as duas doses, garantindo que o cronograma de imunização dos cidadãos seja completo.

Com o avanço da vacinação, o Estado está em “queda sustentada” nos indicadores da pandemia, com o número de internações nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) em redução há mais de 40 dias. “A aplicação das vacinas avançou e temos números sensíveis que mostram diminuição das internações das pessoas idosas e dos trabalhadores da saúde”, disse o secretário de Estado da Saúde Goiás, Ismael Alexandrino.


Leia mais: Operação investiga antigos servidores da Codego, suspeitos de extorquir empresários

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -