Com dois gols de pênalti, Goiás vence em casa

0

Nesta segunda-feira, o Goiás recebeu a Chapecoense pela 8ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Em um primeiro tempo equilibrado e com o segundo a favor do Esmeraldino, melhor para os donos da casa que venceram por 3 a 1. Os gols da partida foram marcados por Kayke  duas vezes cobrando pênalti e Jefferson. Rafael Pereira de cabeça fez a favor da Chape.

Com um jogo muito equilibrado no primeiro tempo, o Goiás apostou no velocidade do atacante Michael, o time goiano abriu o placar aos 35 minutos do primeiro tempo, com o atacante Kayke, na cobrança de pênalti. O time catarinense buscou o empate no final da primeira etapa, aos 43 minutos com o zagueiro Rafael Pereira de cabeça após cobrança de falta do meia Camilo.

Na etapa complementar o Goiás voltou em busca da vitória, a pressão só teve efeito aos 35 minutos,  Jefferson soube aproveitar o belo passe de Giovanni Augusto e chutou cruzado para marcar o segundo gol do Goiás. Já nos minutos finais, Kayke novamente cobrando pênalti, ampliou o placar dando números finais à partida.

A vitória coloca o Goiás na nona posição, com 12 pontos. A Chapecoense  aparece agora na 16º posição , com 7 pontos. 

O Goiás  joga contra o Athletico/PR, quinta-feira, às 20h00, no Serra Dourada. No mesmo a Chapecoense  recebe o Fluminense,  na Arena condá

FICHA TÉCNICA

GOIÁS 3 X 1 CHAPECOENSE

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)

Data: Segunda-feira, dia 10 de junho de 2019

Horário: 20h (de Brasília)

Árbitro: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG)

Assistentes: Celso Luiz da Silva (MG) e Ricardo Junio de Souza (MG)

VAR: Emerson de Almeida Ferreira (MG)

Cartões amarelos: Geovane e Leandro Barcia (Goiás);

Cartão vermelho: Bruno Pacheco (Chapecoense)

GOLS

GOIÁS: Kayke (35/1T e 45/2T); Jefferson (32/2T)

CHAPECOENSE: Rafael Pereira (43/1T)

GOIÁS: Tadeu; Daniel Guedes, David Duarte (Rafael Vaz), Yago e Jefferson; Geovane, Léo Sena (Yago Felipe) e Giovanni Augusto (Marlone); Michael, Kayke e Leandro Barcia

Técnico: Claudinei Oliveiras

CHAPECOENSE: Tiepo; Bryan (Diego Torres), Gum, Rafael Pereira e Bruno Pacheco; Márcio Araújo, Elicarlos, Gustavo Campanharo (Renato Kayzer) e Camilo (Ernandes); Everaldo e Arthur Gomes

Técnico: Ney Franco