16.8 C
Goiânia
domingo, 29, maio 2022
- Anúncio -

Caiado reafirma que o estado não solicitou o fechamento do Hcamp, em Águas Lindas

Ministro havia dito que o governo do estado teria solicitado o fechamento do hospital

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Advertisement -

Governador Ronaldo Caiado afirmou que não foi seu governo que pediu para o Ministério da Saúde (MS) fechar o Hospital de Campanha de Águas Lindas de Goiás (Hcamp, que atendida os pacientes de covid-19. A fala do chefe do Executivo ocorreu por causa de uma declaração do ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello, à CPI da Covid, dizendo que o fechamento do hospital ocorreu a pedido do governo de Goiás.

“O Estado de Goiás jamais pediu o fechamento de nenhum hospital no período da pandemia. Pelo contrário, você viu Goiás avançar em números de leitos na pandemia. Eu acho que essas coisas já estão muito bem esclarecidas, até porque isso está em documento”, explicou Caiado em coletiva de imprensa na manhã desta sexta-feira, na inauguração de novas instalações da Federação Goiana dos Municípios (FGM), em Goiânia.

Ainda de acordo com o governador, além de não pedir o fechamento do hospital, o secretário de Saúde do estado, Ismael Alexandrino, havia feito o contrário, pedido ao MS para mantê-lo funcionando. 

“Foi feita a solicitação por parte do secretário da Saúde para que aquele hospital fosse mantido em Águas Lindas”, pontuou.

O governador foi questionado se o ex-ministro teria “agido de má fé” ao responsabilizar o estado pelo fechamento do Hcamp, no entanto Caiado diz que não pode acusá-lo.

“Eu não posso alegar isso. É uma matéria que deve ter passado em nível da sua assessoria”, declarou.


Leia mais: Aparecida de Goiânia libera o funcionamento de cinemas, teatros, museus e parques de diversões

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -