25.8 C
Goiânia
sábado, 13, abril 2024
- Anúncio -

Caiado homenageia policiais que atuaram na força-tarefa em busca de Lázaro: “sucesso completo”

Caiado avalia que a operação foi um "sucesso completo", já que a intenção era prender Lázaro, mas não foi possível devido ao confronto.

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Advertisement -

No evento de entrega da reforma do quartel do Comando de Missões Especiais (CME) da Polícia Militar, no setor Marista, em Goiânia, o governador Ronaldo Caiado, agradeceu as forças de segurança pública que participaram da operação de busca e captura do fugitivo Lázaro Barbosa. De acordo com Caiado, do ponto de vista operacional, a operação foi um “sucesso completo”.

“O objetivo principal era naquele primeiro momento dar proteção as pessoas lá habitam, não deixar que ele repetisse a chacina que ele praticou no Distrito Federal, esse é o primeiro ponto. O segundo ponto era poder realmente caminhar para sua prisão, isso era o desejado. Se não foi possível, foi diante de uma processo onde ele começou, como havia feito em situações anteriores, de atacar a polícia”, disse o governador.

Custo da operação

Em dados momentos da operação em Cocalzinho de Goiás, o governo estadual foi questionado sobre os gastos da força-tarefa, que durou 15 dias. Segundo Caiado, “vidas não tem preço”. “Não vou contabilizar gastos neste momento. O trabalho da nossa força foi proteger toda a população ali para voltar a vida normal”, disse o governador.

Ainda de acordo com Caiado, o tempo de captura do criminoso cabia ao comandantes da operação. “Eu busco secretários competentes que sabem e conhecem da matéria. Não são homens de gabinete, estavam ao lado da tropa, caminhando com ela, se expondo junto”, finalizou Caiado.

https://www.instagram.com/tv/CQyWbFynaYE/?utm_source=ig_web_copy_link

Leia mais: MP-GO denuncia fazendeiro por acobertar Lázaro Barbosa e por posse irregular de arma de fogo

- Anúncio -
Array
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -