Caiado apresenta balanço das ações realizadas em 30 dias

0
1

O governador Ronaldo Caiado (DEM) apresentou um balanço de 30 dias, por áreas, com ênfase à situação financeira do governo de Goiás que ele classificou como “descalabro financeiro”. A administração pagou R$800 milhões em dívidas e contou com afirmou que a redução dos incentivos fiscais adicionou R$200 milhões à receita do Estado. O cenário de folha de folha de pagamento em atraso, déficit de R$3,6 bilhões para 2019 e dívida de R$3,4 de 2018 abriu a exposição da situação que Caiado pegou o governo.
Na apresentação feita aos secretários do governo e a jornalistas, Caiado não ficou só no cenário de dificuldades e o relatório apresentou os esforços do governo para a mudança da situação nas áreas prioritárias na gestão do atual gestor.
Na saúde, Caiado explicou que uma das principais unidades de saúde tem atenção especial. O Hospital Materno Infantil vai mudar de lugar, pois não tem condições de funcionar nas atuais instalações. A ideia do governador é transferir o serviço para unidades que estão em operação, ou no Hospital Otávio Lage (HUGOL) ou para uma área da Santa Casa de Goiânia. Embaixo do Materno, tem uma mina que impede que reformas impeçam a retirada da umidade.
Diálogo
O relacionamento com os representantes dos servidores públicos foi destacado como um ponto principal na área de gestão. O diálogo com sindicatos e associações começou no terceiro dia do governo, disse Caiado, nas negociações sobre pagamentos em atraso.
A folha de dezembro será paga conforme o cronograma apresentado em 5 parcelas a partir de março. Segundo a secretária da Fazenda, Cristiane Schimdt, a educação tem tratamento diferente por causa da verba do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação (FUNDEB).
Promessas cumpridas
Na apresentação, feita aos secretários e aos meios de comunicação, Caiado reforçou a retirada de radares móveis como uma promessa cumprida durante a campanha. A empresa responsável pelo serviço resistiu pela manutenção, disse ele, mas a decisão já foi tomada.
Nomeação de concursados e pagamentos na Educação
Segundo Caiado, um dos fatos mais importantes dos 30 dias de governo foi a nomeação de 420 concursados da Educação em substituição a professores de contratoss temporários. A convocação foi assinada e os professores serão chamados para fazer um curso preparatório. Eles precisam saber como preencher o diário, entre outras obrigações, relatou a secretária Fátima Gavioli, da Educação.
O governador relatou que duas parcelas em atraso do programa de merenda escolar de R$5,6 milhões referente a 2018 (São 10 meses de atraso) foram pagas. O objetivo é quitar o compromisso com os municípios e não deixar que o atraso aconteça nas parcelas do atual governo.
Clima melhorou na segurança
A articulação da atuação da Polícia Civil e da Polícia Militar e as operações especiais que prenderam quadrilhas de assalto a bancos foram destacados pelo governador na área da segurança. “O clima já é outro no Estado”, disse ele ao falar da sensação de segurança. Por outro lado, reconheceu que o governo de Goiás tem apenas um terço do que precisa de efetivo para PC e PM.
 
Fonte: Altair Tavares 
Imagem: Divulgação 
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here