Bolsonaro assina contrato para a compra de 138 milhões de vacinas contra a covid-19

0
Compra de 138 milhões de vacinas. Foto: Carolina Antunes/Agência Brasil.

O governo federal assinou nesta sexta-feira (19) contratos com a Pfizer e a Janssen para adquirir 138 milhões de doses de vacina contra a covid-19. Sendo 100 milhões da Pfizer e 38 milhões da Janssen.

O governo informou que a vacina da Janssen, que precisa apenas de uma dose para os pacientes, ainda não tem autorização da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para uso no Brasil, mas recebeu, em 18 de janeiro, uma certificação da agência que reconhece as boas práticas de fabricação da vacina.

Já a vacina da Pfizer foi a primeira a conseguir aprovação da Anvisa para uso definitivo no Brasil, este imunizante precisa ser aplicado em duas doses.

O anúncio foi comemorado pelo governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e foi a primeira ação expressiva do novo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

Até o momento o Brasil já vacinou pouco mais de 5% da população. Desde o início da pandemia da covid-19, mais de 285 mil pessoas morreram vítimas da covid-19.