Atenção! Goiânia e Aparecida estudam manter apenas atividades essenciais por 14 dias

0

A possibilidade de manter em funcionamento apenas atividades consideradas essenciais durante 14 dias tem sido discutida pelos prefeitos de Goiânia, Rogério Cruz, e de Aparecida, Gustavo Mendanha. O governador de Goiás, Ronaldo Caiado, também participa das discussões. 

As conversas sobre o chamado “lockdown” ganharam força nesta sexta-feira (26/2) após dias de aumento considerável de casos da covid-19 em ambas as cidades e, principalmente, em razão das preocupantes taxas de ocupação de leitos para pacientes com a doença.  Rogério e Gustavo já se encontraram durante a manhã e devem voltar a se reunir no final do dia. O prefeito de Aparecida, que chegou a fazer uma live manifestando preocupação com o atual cenário, defende a mobilização de todos os prefeitos da região metropolitana no sentido de tomar decisões que ajudem a frear o avanço do vírus. 

Rogério Cruz, que divulgou um vídeo na quinta-feira (25), também se diz preocupado com o momento e já antecipou que não descarta medidas mais duras na capital.