Ataques a mesquitas na Nova Zelândia deixam pelo menos 49 mortos

0
16

Pelo menos 49 pessoas foram mortas e mais de 20 ficaram feridas em tiroteios realizados nesta sexta-feira em duas mesquitas na cidade de Christchurch, na Nova Zelândia.

A primeira-ministra do país, Jacinda Ardem, classificou os ataques como atos terroristas E o primeiro-ministro da Austrália, Scott Morrison, descreveu um suposto atirador, que tem nacionalidade australiana, como um “terrorista violento de extrema direita”. Quatro pessoas – sendo três homens e uma mulher – foram detidas pela polícia neozelandesa. Por enquanto, uma delas, de quase 30 anos, foi acusada de homicídio. A polícia está investigando o envolvimento dos demais suspeitos sob custódia no incidente – a participação de um deles já teria sido descartada.

Os ataques teriam começado às 13h30 (hora local) desta sexta-feira. Segundo a polícia, “múltiplas fatalidades” foram registradas em dois locais.  A sequência de eventos ainda não está clara – a maior parte do que se sabe até agora vem de relatos de testemunhas para a imprensa local. Também não está claro quantos atiradores participaram do atentado.

A primeira notícia de ataque veio da mesquita Al Noor, localizada no centro de Christchurch, em frente ao Parque Hagley. Testemunhas contaram que precisaram correr para se salvar e viram pessoas sangrando no chão do lado de fora do prédio. Uma segunda mesquita no subúrbio de Linwood também foi evacuada. Mas, por enquanto, há poucos detalhes sobre o que teria acontecido lá.

Fonte: BBC Brasil

Comente

Please enter your comment!
Por favor, adicione seu nome