22.8 C
Goiânia
domingo, 14, julho 2024
- Anúncio -

Alta temperatura pode atingir Goiânia neste domingo (12), com possibilidade de chegar a 38°C

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Advertisement -

A Agência Municipal do Meio Ambiente (Amma), Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e Defesa Civil, emite um alerta à população sobre a iminente alta temperatura que poderá atingir a capital goiana neste domingo (12). Segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a previsão é de que os termômetros alcancem a marca de 38°C, com uma mínima de 23°C.

A preocupação é agravada pelo alerta vermelho emitido pelo Inmet na última sexta-feira (10), que é válido até quarta-feira (15). O aviso destaca que a temperatura permanecerá 5ºC acima da média por mais de cinco dias consecutivos e afetará, principalmente, a Região Centro-Oeste, com destaque para a área centro-sul de Goiás, onde Goiânia está localizada. O cenário é agravado pela persistência da onda de calor em todo o País, conforme destacado pelo Inmet.

A previsão é de que as altas temperaturas se estendam para outras regiões do Brasil, com a possibilidade de os termômetros ultrapassarem os 40°C no Centro-Oeste. Em Goiânia, a expectativa é que as temperaturas variem entre 35 e 38°C. O Instituto já havia emitido um alerta amarelo na semana passada, antecipando a expansão do calor ou a alteração no nível de severidade. Esta onda de calor sucede um período em setembro, que foi o mês mais quente da história brasileira, com temperaturas recordes.

Diante desse quadro, a Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia, por meio do Centro de Informações Estratégicas e Resposta em Vigilância em Saúde (Cievs), alerta profissionais de saúde e a população em geral sobre os riscos associados às altas temperaturas. A diretora de Vigilância em Saúde da SMS, Marília Castro, destaca que grupos vulneráveis, como crianças, idosos e portadores de doenças crônicas, estão mais propensos a agravos e doenças relacionadas ao calor.

Entre as recomendações da Prefeitura de Goiânia, destacam-se a orientação para evitar exposição direta ao sol, especialmente entre 10 e 16 horas, a aplicação regular de protetor solar, o uso de chapéus e óculos escuros, proteção específica para crianças, preferência por roupas leves e de algodão, a diminuição de esforços físicos sob o sol, além do aumento da ingestão de água e sucos naturais.

A onda de calor também mobiliza o Corpo de Bombeiros, que alerta para a importância de ingerir líquidos, evitar atividades físicas nas horas mais quentes do dia e utilizar hidratantes para a pele. Além disso, a população é orientada a evitar exposição ao sol, umidificar ambientes e evitar a queima de fogos em lotes baldios. O Corpo de Bombeiros está disponível para fornecer informações adicionais por meio do telefone de emergência 193.

O coordenador operacional da Defesa Civil de Goiânia, Anderson Marcos, aproveita para alertar sobre a importância da preservação das vegetações. Ele destaca a necessidade de manter as áreas comuns limpas, evitando o descarte inadequado de lixo, e enfatiza a proibição de colocar fogo em lotes ou nos resíduos domésticos. “Nestes períodos, essas práticas podem potencializar a sensação térmica elevada, contribuindo para a degradação e escassez dos recursos hídricos e naturais. Além disso, há o aumento do risco de crises alérgicas, especialmente entre os grupos vulneráveis”, salienta.

Leia mais: Rodovias que levam ao Parque Estadual Terra Ronca passam por melhorias

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -