5,8 milhões de beneficiários recebem o Auxílio Emergencial nesta quarta-feira (29)

Poderão receber os registradas no Bolsa Família, além dos que estão no Cadastro Único e os que se inscreveram no programa Auxílio Emergencial por meio do site ou do aplicativo.

0
Mais um saque do FGTS é liberado pela Caixa Econômica Federal
O dinheiro só será liberado para saque ou transferência para outra conta bancária a partir de 17 de outubro, para os trabalhadores nascidos em julho. Foto: Mateus Oliveira / Rádio Bandeirantes Goiânia)

A Caixa Econômica Federal paga nesta quarta-feira (29) uma nova parcela do Auxílio Emergencial a 5,8 milhões de beneficiários. Entre eles, estão pessoas registradas no Bolsa Família, além dos que estão no Cadastro Único e os que se inscreveram no programa Auxílio Emergencial por meio do site ou do aplicativo.

Para o público do Bolsa Família, a quarta parcela do benefício começou a ser paga no último dia 20, e segue até o dia 31 de julho. Os pagamentos para esse grupo são feitos da mesma forma que o Bolsa Família.

Para os demais beneficiários do auxílio emergencial, a ajuda de R$ 600 será creditada em conta poupança social digital da Caixa, que poderá ser usada inicialmente para pagamento de contas e compras por meio do cartão virtual. Saques e transferências para quem receber o crédito nesta quarta serão liberados a partir de 1º de agosto.

Beneficiários que recebem nesta quarta-feira (29)

  • 1,9 milhão de beneficiários do Bolsa Família, com número NIS final 8, recebem a quarta parcela.
  • 3,9 milhões de trabalhadores do Cadastro Único e inscritos via site e app, nascidos em março, recebem a próxima parcela: aprovados no primeiro lote recebem a quarta parcela; aprovados no segundo lote recebem a terceira parcela; aprovados no terceiro e quarto lotes recebem a segunda; e novos aprovados vão receber o primeiro pagamento.

Os trabalhadores podem consultar a situação do benefício pelo aplicativo do auxílio emergencial ou pelo site auxilio.caixa.gov.br.


Leia mais: Câmara lança curso gratuito para mulheres que pensam em ingressar na política