32.8 C
Goiânia
sexta-feira, 21, janeiro 2022
- Anúncio -

Aparecida inicia aplicação da 3ª dose da vacina em idosos de abrigos

Cinco instituições serão visitadas

- Anúncio -

Mais Lidas

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -
- Advertisement -

A Saúde de Aparecida de Goiânia começa nesta quarta-feira (1º/9) a aplicação da  terceira dose da vacina contra a covid-19 nos idosos que vivem em instituições de longa permanência. Cerca de 300 moradores de abrigos, com mais de 60 anos de idade, devem receber o reforço no esquema vacinal. A aplicação da terceira dose do imunizante ocorrerá por meio de visitas das equipes da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) nas cinco instituições de longa permanência do município. 

A aplicação do reforço também ocorrerá para a população em geral, acima de 70 anos, a partir do dia 15 de setembro, em todos os oito postos que já aplicam a segunda dose. Segundo estimativa da SMS, mais de 20 mil pessoas nessa faixa etária já receberam duas doses da vacina ou dose única e estão aptas para serem imunizadas com o reforço. Para esse grupo receber a terceira dose do imunizante será necessário respeitar o intervalo de seis meses após a última dose do esquema vacinal (segunda dose ou dose única), independente da vacina aplicada. 

Além deles, as pessoas com alto grau de imunossupressão também deverão receber a terceira dose a partir do dia 15 de setembro, em oito postos. Nesses casos, o intervalo para a dose de reforço deverá ser de 28 dias após a última dose do esquema básico, também independentemente da vacina aplicada. De acordo com a Secretaria, cerca de duas mil pessoas desse grupo devem receber o reforço.

A aplicação da terceira dose é uma recomendação do Ministério da Saúde, que após analisar estudos clínicos e dados de hospitalização por covid, identificou a necessidade de adequar o esquema vacinal das pessoas que têm elevado risco de complicações e óbitos pela doença.   “Por enquanto, apenas idosos que vivem em abrigos, idosos com mais de 70 anos e imunocomprometidos estão indicados para receber essa dose de reforço.

O Ministério está acompanhando a resposta da população à Campanha de Vacinação e se necessário poderá considerar a administração de doses adicionais para outros grupos. Mas, por enquanto, apenas esses”, afirma a coordenadora de Imunização de Aparecida, Renata Cordeiro.

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -